Qual o tamanho da sua dívida?

Tags

, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Uma pesquisa feita pelo SPC e a CNDL (Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas) mostra que seis em cada dez devedores não sabe quanto devem e quem são ao certo, seus credores.

Os que tem conhecimento, elegem o cartão de crédito como o vilão número um entre as contas que levaram a ter o nome sujo e o valor médio de R$ 3.422,00 de pendência.

A pesquisa focou na identificação das principais dívidas e qual o comportamento dos devedores para a recuperação do crédito há no máximo 12 meses.Além disso, muitos desconhecem quantas parcelas estão em aberto com os credores. Em financiamentos de veículos, em média são contratadas 47,6 parcelas e dessas, 9,6 das parcelas não são pagas.Para empréstimos, das 26 parcelas em média contratadas, 9,6 não são pagas.

43,4% dos pesquisados apontam o cartão de crédito como o vilão que leva a ter nome sujo. Em segundo lugar são os empréstimos (23,5%) seguido dos cartões de lojas varejistas (19,3%)

A falta de pagamento é justificada por  29,2% por conta do desemprego e 14,6% por redução de poder aquisitvo.Segundo Marcela Kawauti economista chefe do SPC Brasil, “a atual conjuntura esta causando uma alta no número de desempregados e minando o poder de compra devido a inflação elevada e altas taxas de juros”.

Os gastos que mais sofreram cortes para que sejam quitadas as contas foram: lazer, compras de roupas e alimentação fora de casa.A prioridade de pagamento é aquela que possui mais juros seguidas do cartão de crédito, cartões de loja e crediário. Segundo o estudo, a conseqüência direta pelos inadimplentes pesquisados, é com a restrição do pagamento parcelado ao fazer novas compras, ficando somente a opção de pagamento à vista.

Mais da metade dos inadimplentes procuram o credor para negociar as dívidas.

De acordo com a pesquisa, 57,1% dos inadimplentes procuram seus credores na tentativa de um acordo.As maiores dificuldades enfrentadas são esses mesmos acordos com o credor (36,3%) na renegociação para o pagamento da dívida.As propostas dos credores, às vezes, são incompatíveis com as possibilidades de quitar as dívidas, fazendo com que o consumidor devedor tenha que se empenhar e rever as prioridades em seu orçamento.Em média, pelos dados da pesquisa, são feitos acordos em 16 meses.A intenção de quitar suas dívidas por considerar corretas são de 65% e 51,5% dos entrevistados consideram ter o nome limpo como muito importante, independente de qualquer situação ou contexto.

Na pesquisa 51% dos entrevistados desconhecem sites e aplicativos para renegociar suas dívidas, principalmente quem tem  55 anos ou mais. Muitos desconfiam se realmente terão seu nome limpo (24,5%) e 18,2% não sabem como utilizar os sites para renegociar suas dívidas on line.

Foram entrevistados 1.088 consumidores residentes em todas as regiões brasileiras, acima ou igual a 18 anos, de ambos os sexos e de todas as classes sociais, atuais inadimplentes ou ex inadimplentes há no máximo 12 meses. Erros de 3 pontos percentuais e 95% de confiança.

A Solução é o caminho certo para renegociar suas dívidas. Há 15 anos esta ao lado dos consumidores, negociando a melhor proposta para suas pendências dentro das suas condições. É fácil, simples e melhor, sem sair da sua casa você acompanha o passo a passo das negociações.

Entre e cadastre-se!  www.suasolucao.com

A Solução é empresa parceira das CDL Betim, CDL Contagem e CDL Juiz de Fora. Credibilidade e confiança há 15 anos!

 

Negociar dívidas on line, vale a pena?

Tags

, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

 

Quitar dívidas é uma grande alegria para qualquer pessoa.

Estamos num momento difícil para muitos brasileiros. Pelas últimas estatísticas estamos no patamar de quase 60 milhões de inadimplentes, a maior de toda história do Brasil.

O momento não é bom mas podemos amenizar o caminho para quitar as dívidas. Muitos devedores são procurados pelas empresas de cobrança e ficam constrangidos ao receber uma notificação ou uma ligação, cobrando-os diariamente.

Hoje, pela internet  já é possível fazer acordos rápidos, sem perda de tempo, sem filas, sem burocracia e melhor, sem ter que ficar cara a cara com o credor e nem enfrentar filas nos feirões.

Existem plataformas de negociação na web que oferecem acessos simples e fáceis para negociar as dívidas pendentes.

Sem precisar sair de casa, à frente de um computador, tablet ou smartphone, basta acessar o site e se cadastrar para receber as notificações na sua área de atendimento restrita, fazendo login com o email e senha escolhidos.

Fazendo esse passo a passo, o cliente passa a negociar com a empresa credora cadastrada, escolhendo a melhor forma para pagar sua dívida, fornecida pelo site.

À partir daí, sua proposta será estudada e receberá resposta através da sua área de atendimento restrita. Caso não seja aceita, haverá a chance de contra proposta, bastando acessar novamente sua área de atendimento e fazendo nova proposta.

Os pagamentos são todos faturados diretamente com a empresa credora.  As empresas que negociam chegam a conseguir descontos de até 90% do valor pendente e prazos amigáveis, com as empresas credoras.

Um caminho bom, prático e fácil para começar a organizar sua vida financeira e ficar livre daquelas dívidas indesejáveis!

A Solução é uma das empresas que oferece esta plataforma de maneira idônea e responsável e esta ajudando milhares de pessoas a renegociar suas dívidas há mais de 15 anos no mercado brasileiro.

Acesse e comece a quitar suas dívidas e limpar seu nome!

 

www.suasolucao.com

Como posso negociar uma dívida?

Tags

, , , , , , , , , , , , , , ,

Todos os dias, os noticiários e os jornais comentam sobre as estatísticas da crise econômica.Uma delas, é  que chegamos no patamar de quase 59 milhões de inadimplentes no Brasil.As causas vão além da crise econômica:  do consumismo desenfreado à falta de controle pessoal com as finanças que também ajudaram no desencadeamento de dívidas e as consequentes inadimplências.

Se você esta dentro dessa estatística e quer negociar sua dívida mas não sabe por onde começar, saiba que existem algumas possibilidades práticas que podem ajudá-lo sem complicações e burocracias. Perder tempo precioso em filas de banco ou financeiras,locomover-se até os “feirões” para limpar seu nome são coisas que  já podem ser evitadas.E na maioria das vezes, não se esta preparado para enfrentar uma negociação frente a frente com o credor.

Então,como negociar uma dívida sem complicações?

Estar em condições para quitar a dívida em parcelas ou de uma vez só, já é um bom começo para negociar valores e condições junto ao credor.

A Solução oferece a possibilidade dessa negociação prática e sem complicações.Basta cadastrar-se e fazer a opção de negociação dentro das suas condições. O grande diferencial é que você pode acompanhar dia a dia, a negociação da sua dívida, acessando a sua Área de Atendimento, através do login e senha cadastrados, com todo sigilo.

Sair dessa fase difícil ficou muito mais simples! A Solução pode te ajudar!

www.suasolucao.com

 

 

 

 

 

 

Crise: como amenizar

Tags

, , , , , , , , , , , , ,

 Quais são as melhores atitudes perante uma recessão, sem sofrer tanto?

Antes de tudo, prevenir-se financeiramente organizando os gastos, planejando de forma consciente, tirando os supérfluos da sua vida.Para isso, conte com a colaboração da família, mantendo-a informada da realidade, pois cada pessoa precisa estar atenta aos gastos do dia a dia.

Fuja dos cartões de crédito e cheques especiais, que estão com os juros nas alturas. Se puder, não entre em empréstimos e compras parceladas, pois qualquer atitude precipitada com relação a compras a longo prazo, pode levar à dívidas e inadimplência.

Aproveite a oportunidade e repense seus gastos como as saídas a restaurantes, compras impulsivas e passeios em shoppings , viagens que podem ser adiadas. Procure pesquisar por locais mais em conta, viajar e comprar em épocas de promoção.

Crie um mantra: “Preciso disso mesmo?”

Vá pelo bom senso, não precisa cortar tudo da sua vida mas reduzir é um bom começo!Porém seja determinado, planeje suas saídas objetivando o que necessita comprar no momento e seja honesto consigo mesmo. Gaste somente o valor planejado!

Sobrou dinheiro este mês? Reserve! Imprevistos podem acontecer e infelizmente, com a alta do desemprego, ter uma reserva sempre é muito importante pois ninguém esta certo do que pode acontecer amanhã ou até esse “tsunami” econômico passar.

Momentos de crise nos levam a repensar e nos desapegar de coisas materiais  e em como podemos viver sem elas. Divertir-se sem atrelar o dinheiro como o mais importante, faz-nos mais criativos. Podemos buscar atividades em família que gerem menos gastos mas que são divertidos na mesma intensidade. Basta refletirmos o que é mais importante nesse momento para todos da família!

 

A crise passará e as lições ficarão!

 

http://www.suasolucao.com

 

Consumismo: como fugir às tentações?

Tags

, , , , , , , , , , , , , ,

 

Nos dias de hoje a mídia impõe um corpo perfeito, uma família feliz e saudável que precisa estar rodeada com o conforto de todos os bens de consumo, filhos perfeitos que demandam que todos os seus desejos sejam atendidos, para não ficarem “traumatizados”.

Os pais, incapazes de lidar com as frustrações dos filhos acabam, por excesso de amor,  caindo na tentação de dar-lhes o “mundo”, resultando em filhos mimados e  pais endividados.

Outra causa bastante comum é ir às compras por estar triste ou ansioso e entrar no que é chamado de Lei da Compensação, onde “trabalho muito, mereço ter ”, consequentemente, não medindo os riscos se poderá realmente pagar essa conta , acabando por contrair dívidas.

Cartões de crédito à mão , saídas não programadas aos shoppings,comprar por impulsão e desnecessariamente são outras causas que levam ao consumo sem freios.

Como lidar com todas essas tentações num mundo onde o consumismo exarcebado é estimulado o tempo todo?

Fuja dessas tentações midiáticas ,aumente sua visão crítica sobre o consumo, perguntando para si mesmo se realmente necessita daquele objeto naquele momento e se pode viver sem elas e busque aumentar seus conhecimentos financeiros, capacitando-se a entender os mecanismos que o impedirão de contrair dívidas e futuras dores de cabeça.

Seu bolso agradece!

 

www.suasolucao.com

Cuidado com os golpes para limpar nome

Tags

, , , , , , , , ,

O devedor faz a busca na internet para saber como limpar seu nome e é bombardeado com vários anúncios que prometem uma fórmula mágica para limpar seu nome em poucos dias, retirando-o do SPC e SERASA, sem necessitar quitar nenhum dos débitos.

Milagre? Cuidado, trata-se de golpe!

Se realmente isso  fosse verdadeiro, ninguém estaria devendo mais e quem estaria em desespero seriam os bancos.

Circula-se nesse “mercado” um “Manual de Instruções” que ensina a fraudar, com dicas criminosas, e  alterar documentos públicos usando programas de computador para a retirada do nome do SPC e SERASA, orientando como se “livrar” das audiências de conciliação apenas com a alegação de que o devedor desconhecia a dívida e que assim, o juiz retiraria seu nome com uma liminar.

Encaminhamento errado e criminoso!

Aproveitam do momento difícil das pessoas endividadas e  sem informação,vendendo seus “milagres” e anunciando a salvação.

Todas as dívidas devem ser negociadas e quitadas para que o seu cadastro saia do SPC e SERASA  e você volte a ter crédito no mercadoProcure sempre se informar e procurar por profissionais e empresas idôneas que possam direcionar sua dívida para uma melhor solução em negociação!

Lembre-se , não existem milagres!

 

http://www.suasolucao.com

Quais são os direitos do devedor?

Tags

, , , , , , , , , , , , , , , ,

Protestar títulos não pagos, cadastrar o nome do devedor nos órgãos como SERASA e SPC, entrar com uma ação judicial para cobrar o débito ou cobrar a dívida através de ligações, cartas e cobradores, são ações que estão dentro dos direitos do credor.

Mas e o devedor? Até onde vão os direitos dele mesmo que esteja devendo?

Constranger, coagir ou ser importunado diariamente com ligações a toda hora, em qualquer local, usando de ameaças e linguajar inapropriado ou  até mesmo às pessoas ligadas ao devedor, como parentes, vizinhos ou colegas de trabalho, são ações consideradas crime pelo Código de Defesa do Consumidor.

 

“Art. 42. Na cobrança de débitos, o consumidor inadimplente não será exposto a ridículo, nem será submetido a qualquer tipo de constrangimento ou ameaça.” 

“Art. 71. Utilizar, na cobrança de dívidas, de ameaça, coação, constrangimento físico ou moral, afirmações falsas incorretas ou enganosas ou de qualquer outro procedimento que exponha o consumidor, injustificadamente, a ridículo ou interfira com seu trabalho, descanso ou lazer: 

Pena Detenção de três meses a um ano e multa.”

 

Outra forma usada são correspondências enviadas ao devedor por algumas empresas de cobrança. Nenhuma cobrança pode ser identificada explicitamente no envelope e nem mesmo deve constar o logotipo da empresa de cobrança.

Como o devedor deve proceder por atos abusivos?

Primeiro, o consumidor não deve aceitar qualquer tipo de abuso.

Caso ocorra abusos, fazer um boletim de ocorrência, informando fatos e autores,  pois segundo o Código de Defesa do Consumidor, é importante identificar as empresas ou pessoas responsáveis e procurar um bom advogado.

Os abusos ocorrem pois muitos consumidores desconhecem   seus direitos.

Procure sempre se informar dos direitos e o mais importante, ser assistido  por profissionais e empresas idôneas e responsáveis, que possam ajudar nesse momento difícil e direcionar às soluções viáveis para cada caso.

A Solução está há 15 anos ao lado dos consumidores, preservando sua dignidade e apoiando-os na busca da melhor negociação.

Procure sempre por um bom profissional e de sua confiança!

http://www.suasolucao.com

Dívidas, ruim para o bolso pior para a saúde

Tags

, , , , , , , , , , , ,

Negligenciar a saúde física e o equilíbrio emocional aumenta a propensão para doenças. No entanto, muitas vezes outro fator pode ter o mesmo potencial destrutivo e que desequilibra o corpo e a mente: uma crise nas finanças pessoais.

O problema é sério e pode desencadear depressão, ansiedade, aumento ou perda de apetite e, principalmente,  abala a auto estima, segundo o psicólogo e terapeuta holístico André Lima. “Ter muitas dívidas ou viver sempre em dificuldades financeiras é como ter uma doença e isso precisa ser tratado”, diz o profissional.

Foi-se o tempo em que ser DEVEDOR significava apenas ter restrição ao crédito.Hoje, estar nessa condição significa ter que se submeter a insistentes ligações no celular, em casa e no trabalho, a qualquer hora do dia até à noite.

A cada ligação, alguém te lembra que está endividado e o cérebro logo ordena a produção de hormônios associados ao estresse, que são despejados na corrente sanguínea desencadeando uma série de alterações no organismo, gerando doenças como úlceras, insônia e elevação de pressão arterial.

Além disso, para quem tem predisposição genética, é um convite à depressão que assombra uma a cada quatro pessoas, que, em algum momento da vida, passa a sofrer a angústia da cobrança e a ansiedade do estresse por estar endividado.

Sua vida começa a paralisar, seu humor muda, suas relações pessoais e profissionais começam a se abalar levando você a uma apatia, que pode indicar que chegou numa encruzilhada.

HORA DE PEDIR AJUDA!

Manter uma vida de aparências e status em detrimento de nossa saúde física, emocional e financeira pode trazer consequências duras.Assumir suas responsabilidades na atual realidade financeira é reconhecer que somente você pode ser o agente modificador da situação.Dedicar tempo e esforços na definição das prioridades e buscar soluções junto à família ou a empresas especializadas são atitudes imprescindíveis para você superar a crise.

A SOLUÇÃO existe para ajudar você a enfrentar situações aparentemente impossíveis de resolver, colocando à sua disposição uma equipe de negociadores e advogados com mais de 15 anos de experiência em renegociação de dívidas, que irão assessorar você na busca da melhor forma de resolver suas pendências financeiras, protegendo-o contra cobranças abusivas.

O importante é reconstruir-se financeiramente, renegociando suas dívidas com responsabilidade, da melhor forma possível, fugindo daqueles que prometem limpar seu nome sem o pagamento.

 

Conheça!

www.suasolucao.com

 

Nossa equipe ajudando você na busca da melhor solução!

Imagem

Consulte seu CPF no Serasa

Tags

, , , , , , ,

SOLUÇÃO_CAMPANHA_FACE_2

Consulte seu CPF pelo site da Solução!

Basta entrar no link, cadastrar-se e efetuar pagamento pelo Pag Seguro. Feito isso, é só acompanhar na sua área de atendimento com o login e senha cadastrados por você.

Pronto, você receberá o relatório completo no seu email cadastrado!

Entre  no link abaixo e veja como é simples e rápido!

 

http://www.suasolucao.com/atendimento/facebook/cadastre-se/

Quem somos e porque queremos ajudar você!

Tags

, , , , , , , ,

Somos uma empresa sediada em Belo Horizonte, Minas Gerais, com mais de 15 anos de experiência de mercado em negociação de dívidas.Sabemos que as pessoas tornam-se inadimplentes por situações alheias à sua vontade, como a atual crise que estamos passando, por doenças, desemprego e outros fatores que muitas vezes, são imprevisíveis. Reabilitar crédito ou negociar dívidas são atividades penosas que demandam tempo, exigem habilidade, experiência e isenção para se obter uma proposta que seja vantajosa e dentro das condições atuais das pessoas.

Foi pensando nesses momentos que criamos a Solução. Para que possamos ajudar essas mesmas pessoas a reabilitarem seu crédito e reequilibrarem sua vida financeira, limpando seu nome de forma mais simples e rápida.

O site da Solução foi desenvolvido com esses objetivos. Sem sair da sua casa, em frente do seu computador, tablet ou celular, você possa de forma prática, cadastrar-se e acompanhar dia a dia, como está a negociação de sua dívida com uma das empresas cadastradas ou checar seu nome no SERASA/SPC.

Experimente. Veja como é simples!

http://www.suasolucao.com/atendimento/cadastre-se/